As novas cozinhas unem tecnologia e design e são um convite ao convívio

Elas são os principais cenários para os momentos de relaxamento. É onde as refeições são criadas, onde alimentamos o corpo, a mente e a alma acompanhados de amigos e familiares. A pandemia acelerou, mas é bem verdade que já faz bastante tempo que as cozinhas se tornaram o centro da casa e um ambiente que demanda capricho na decoração, além de funcionalidade. Antigamente, as cozinhas eram menores, separadas do resto da casa, era um espaço pequeno usado quase que exclusivamente para cozinhar e que poderia ser fechado para esconder a bagunça. Ao longo dos últimos 20 anos, as cozinhas começaram a se tornar espaços de convivência, onde se passa mais tempo e onde muito mais coisas acontecem do que apenas cozinhar. Hoje as casas são projetadas com cozinhas com o conceito de “living space”. Assim, cozinhas abertas à sala de jantar ou ao estar são as mais pedidas nos projetos de construção ou reforma. Para a arquiteta Bianca Lombardi, na hora de planejar uma cozinha, independente se ela é integrada ou não com o resto da residência, da sala, é importante prestar a atenção em três pontos: a área molhada, que seria a área da cuba, a área de do cooktop ou fogão e a área da geladeira. “Geralmente a gente tenta deixar essas três áreas em um formato triangular na cozinha, isso auxilia muito no funcionamento do dia a dia. Entre elas nós colocamos as bancadas que auxiliam no apoio. Isso é fundamental para você tirar alguma coisa da geladeira e ter onde apoiar, do lado da pia ter um escorredor e do lado do fogão ter um espaço para cozinhar, apoiar uma tábua, para cortar coisas”, explica. Outro item bem importante é a iluminação. “Se você de repente não consegue ter uma boa iluminação no teto, procure trazer essa iluminação para o mobiliário, como eu fiz nessa cozinha. Nós temos a área da cuba, como se fosse uma caixa fechada, então eu coloquei uma fita de LED ali dentro, que deixa a área completamente iluminada”, conta. Sem dúvidas, projetar uma cozinha moderna significa usar a criatividade usando tecnologia e design. O resultado são espaços mais práticos e eficientes e que nos convidam a conviver.

Cozinha Elegance Provençal na Cor Nata acetinada e puxador Classic Bronze Todeschini Batel

TOQUE RETRÔ COM MUITA PRATICIDADE

“Essa cozinha foi planejada para um apartamento de um casal, que tem uma filha de três anos. Eles pediram uma cozinha com estilo retrô, mas como têm um estilo moderno eu utilizei o toque retrô nas molduras das portas dos armários e dei o tom atual nos
acabamentos. Por exemplo: o uso da laca cinza no armário e a pedra dekton, que são acabamentos bem atuais, deixam essa cozinha mais contemporânea. E o detalhe
do puxador cobre dá uma quebrada na frieza do cinza. Eu também gosto de usar muitos detalhes pontuais de madeira, que eu acho que aquece o ambiente. Como a cozinha é integrada com a sala eu utilizei um ripado de madeira, que faz um anteparo
do sofá e já fica próximo da cozinha e as banquetas e cadeiras da sala de jantar também tem detalhes de madeira que deixam o ambiente mais harmônico. O pedido deles também foi uma cozinha super prática, sem nichos, tudo fechado e organizado para que facilitasse o uso no dia a dia, além de ser integrado com a sala e é muito mais fácil de você manter. Aliás, esse é um pedido muito frequente entre os clientes, que tem as cozinhas integradas. Geralmente, com a vida corrida, as pessoas não têm tempo de
organizar e querem simplesmente lavar a louça e deixar tudo bonito. Então, nós temos que planejar uma cozinha que seja muito funcional, prática e bonita ao mesmo tempo, que se integre com todo o restante da residência.” @biancalombardi_arq

A arquiteta Alessandra Gandolfi: “cozinha e praticidade são sinônimos”

4 DICAS PARA A COZINHA PERFEITA

Definição de união, aconchego e carinho, a cozinha é um ambiente que se destaca em todo projeto. Pensando nesse local que remete a tanto afeto, convidamos a arquiteta
Alessandra Gandolfi para dar algumas dicas a quem deseja reformar ou está projetando
sua cozinha. Confira:

1- Praticidade
Cozinha e praticidade são sinônimos. Hoje em dia, o mercado oferece diversos acessórios que contribuem para a organização milimétrica de todo cantinho
desse cômodo: desde organizadores de temperos, talheres, panelas, marcenarias
planejadas com gavetões, basculantes, portas e gavetas vazadas, até divisórias estratégicas, lixos embutidos, torre de fornos, cooktops e muito mais. Tudo tem que
estar à mão, para que a arte de cozinhar seja um prazer.

2- Cores pontuais e iluminação
A iluminação, sem dúvida, é a menina dos olhos! Ela pode alterar a cor dos alimentos
e influenciar diretamente no bem-estar de quem está no ambiente, por isso, é necessário utilizar uma luz geral que seja funcional, além de spots pontuais na área
da bancada e nos locais de preparo das refeições.

3- Eletros: tecnologia, conectividade e inovação

Assim como em toda a casa, a cozinha também recebe muito investimento em tecnologia, conectividade e inovação. É preciso ter em mente o formato que você deseja
organizar utensílios e eletros. Seja de forma aparente, deixando-os expostos como
parte do décor, ou guardados em locais específicos. Use e abuse da imensa variedade
de artigos que existem no mercado para facilitar a rotina.

4- Pense na cozinha como um todo
O acompanhamento de um arquiteto é fundamental para que o resultado esperado
possa atender com precisão a todas as particularidades de cada família. Com uma
visão macro, esse profissional enxerga o todo, entregando melhores soluções técnicas,
decorativas e operacionais.
@alessandragandolfi_

Linha Charm Bistrot, da Florense Carlos de Carvalho, no projeto da arquiteta Caroline Andrusko
Arquiteta Caroline Andrusko

ESPAÇO COMPLETO DE CONVIVÊNCIA

“Os clientes solicitaram uma cozinha setorizada, já que eles gostam de cozinhar e utilizam muito o espaço no dia a dia, inclusive como espaço de convivência da família. Como apoio para esse ambiente, fizemos uma despensa, onde a cliente possui os equipamentos que utiliza para fazer massas, doces, e outras receitas da família. Dessa forma, o espaço da cozinha fica mais limpo e confortável para uso. Utilizamos o conceito de casa com perfil europeu, com preferência pelo clássico com alguns toques contemporâneos. O destaque é da linha Charm da Florense, que traz a essência do ambiente clássico, unida ao aspecto contemporâneo e tecnológico do acabamento do Dekton. Para contrastar, utilizamos madeira natural nos painéis e alguns toques da laca azul marinho”.
@carolineandruskoarquitetos