Dr. Robson Netto explica que é possível ter lábios bem definidos e sem exageros

Muitas mulheres sonham com lábios bem definidos, mas assim como a pele do rosto e do corpo, eles também sofrem com os efeitos do tempo e acabam perdendo volume, apresentam linhas finas e rugas. Além disso, a exposição solar e o tabagismo, por exemplo, podem acelerar ou deixar mais visível esse envelhecimento. Segundo o cirurgião plástico Robson Netto, Diretor da Clínica Los Angeles, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – SBCP – e integrante da International Confederation for Plastic, Reconstructive and Aesthetic Surgery  – IPRAS, os lábios fazem parte da estrutura facial e, por isso, estão expostos não só aos efeitos do tempo, mas também a agentes poluentes. “Entre os principais incômodos causados por esses agentes estão a perda da definição das bordas laterais, lábios superiores mais finos e retificados, queda dos cantos da boca, descamação, formação de sulco na parte inferior e as temidas rugas como o ‘código de barras’, por exemplo.”

A boa notícia é que, com alguns cuidados diários e procedimentos estéticos, é possível amenizar o envelhecimento e até adiá-los. E a prevenção, segundo o cirurgião plástico, é sempre o melhor e o caminho mais fácil. “Deve-se sempre usar protetores solares específicos para essa região. Também existem produtos cosméticos para os lábios e região perioral com propriedades hidratantes, anti-inflamatórias e regenerativas. Medidas gerais como alimentação adequada, beber bastante água e hábitos de vida saudáveis também são importantes”, recomenda.

É preciso realçar a anatomia que já existe e os contornos labiais para que haja um contraste maior

Tratamentos 

Um dos procedimentos mais recomendados pelos especialistas para o preenchimento dos lábios é o ácido hialurônico. “É o que eu mais gosto de fazer, pois traz a hidratação novamente para os lábios e com ele consigo fazer um contorno e preenchimento labial harmonizando o rosto com aspecto natural”.

Dr. Robson Netto: “Algo que considero muito importante e que sempre falo para minhas pacientes é que cada lábio tem sua anatomia” Foto: Fernando Zequinão

Quando o assunto são os lábios, é preciso ficar muito alerta com os exageros. “Algo que considero muito importante e que sempre falo para minhas pacientes é que cada lábio tem sua anatomia. Assim como umas pessoas são mais altas e outras têm um corpo diferente, o lábio também é diferente de pessoa para pessoa. Isso significa que um lábio grande pode não necessariamente ficar bonito para você”, alerta. Para ele, é preciso realçar a anatomia que já existe e os contornos labiais para que haja um contraste maior. “O procedimento vai dar um destaque e posteriormente pode ser estudada a colocação de volume. O preenchimento não é errado, o exagero é que pode comprometer a beleza e a naturalidade do seu rosto”, explica. 

Ainda segundo o cirurgião plástico, não existe uma idade mínima para fazer os procedimentos, e sim, uma indicação de tratamento. “Quanto mais cedo se iniciar o seu tratamento, mais naturais e saudáveis serão os lábios. Não adianta buscar ajuda apenas quando todos os sinais da idade já apareceram. O ideal é ter ajuda de um profissional e se cuidar desde cedo para amenizar a agressão que os lábios sofrem com o decorrer do tempo e manter o aspecto jovial.”

Por fim, o cirurgião alerta que “todo procedimento estético para ser bem sucedido precisa que paciente e médico estejam muito bem alinhados com relação às expectativas”.

www.robsonnetto.com

Fone: (41) 3026-6164